selfie-465563_960_720

Sou duas caras, admito.

selfie-465563_960_720
Imagem: Pixabay.com

As diversas faces de uma pessoa se revezam sempre. É incrível como todos nós temos diversas caras e rostos, alegrias e tristezas embutidas. Tradicionalmente convencionou-se dizer que ser duas caras é ruim. Não concordo. Precisamos ser duas caras. Aliás, precisamos ser duas, três, quatro, mil caras.

São diversas as horas do dia e, com elas, temos que saber lidar sob pena do fracasso existencial . Quem chegará para uma criana e despejará toda a sua amargura por um problema que está passando? Ou um idoso que precisa de paz para não ter um pico de pressão?

Quem jogará a raiva que está do marido ou da esposa na mesa do chefe? Se bem que o contrário acontece sempre.

Guardamos nossas caras no bolso do jeans e vamos soltando-as à medida que necessárias. Já viram isso? Já contou todas as suas mazelas ao primeiro conhecido que se deparou na porta do  supermercado? Experimente fazer isso e o coitado vai desviar o caminho toda vez que lhe avistar a metros de distância.

Aliás, quando se pergunta, tudo bem? Tudo o que não se quer ouvir é que não está.  A regra é tire do bolso um sorriso morno e uma resposta pra lá de satisfatória? Sim, e você, como está? Devolva o que recebeu e confirme que a resposta será abmesma, sempre.

Essa é uma regra, uma lei, sei lá desde quando. Também não sei quem criou. Alguém tem alguma informação a respeito?

#LecaHaine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *